Arte no papel

Compartilhar

No primeiro leilão de 2021 o papel reina absoluto

O primeiro leilão da Blombô de 2021 traz o catálogo inteiro apenas com obras em papel. Embora exista uma percepção intuitiva e controversa de que o papel é menos nobre na hierarquia das artes visuais, ficando atrás de telas e esculturas, a verdade é que o papel tem qualidades que o diferenciam dos outros suportes e fazem com que seja muito atraente para colecionadores experientes e para quem quer começar a colecionar.

De maneira geral, obras em papel têm valor mais acessível, mesmo se tratando de artistas renomados, e são fáceis de transportar e conservar, diminuindo um bom tanto a hesitação do comprador iniciante. Porém, em feiras dedicadas como a Salon du Dessin, que é realizada desde 1991 em Paris, é possível encontrar desenhos de Toulouse-Lautrec, Victor Hugo, Picasso e Degas, só para citar alguns.

Vista geral do Salon du Dessin realizada em 2019

Na Itália, a feira anual de arte contemporânea Artissima incluiu, em 2017, o setor Disegni. Aqui cabe uma ressalva: apesar de o desenho ainda ser fortemente associado ao papel, a feira destaca sua busca por obras que transfiram o desenho para suportes contemporâneos. Mas o papel continua lá! Já em Nova Iorque acontece a Art on Paper, feira interamente dedicada à arte em papel. A edição deste ano está programada para março (data ainda a definir) e anunciou um total de 95 expositores.

Lançamento do setor Disegni em 2017
Registro da edição de 2017 da Art on Paper

Além destes pontos mais práticos e concretos, há quem diga que as obras em papel trazem uma visão mais íntima do(a) artista, já que é um suporte que costuma ser mais delicado e precisa ser manipulado com mais cuidado quando comparado a uma tela, por exemplo. Diz-se até que a apreciação de um trabalho é mais simples e subjetiva: o observador gosta ou não gosta, não havendo a necessidade de buscar ali qualquer análise mais profunda.

De qualquer forma, neste 35º Leilão da Blombô, o primeiro de 2021, o papel reina absoluto. Leonilson, Di Cavalcanti, Portinari, Os Gêmeos e muitos outros artistas chegam em lotes para todas as pessoas: os entendidos e os iniciantes, os pragmáticos e os entusiastas, os experientes e os novatos.

O catálogo já está no ar. Você pode já fazer seus lances, ou acompanhar o leilão ao vivo no dia 28, próxima quinta feira, a partir das 20h.

Paula Reis

Paula Reis

Historiadora em formação, amante de arte e faminta por conhecimento! Se você tem qualquer dúvida ou sugestão para o Blog, mande uma mensagem: também adora conhecer novas pessoas e trocar ideias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BANNER_BLOG_BLOMBO_340x340

Categorias

obra de arte a venda na blombo
e-book aumentando sua receita
infográfico usando a internet a seu favor